Cadastro do Bolsa Família

Muitas pessoas estão procurando saber sobre como fazer o Cadastro no Bolsa Família.

Porém é comum que elas se encontrem perdidas em meio a um mundo de informação que existe espalhando pela internet.

Então decidi criar esse posts para ajudar as pessoas, visto que essa é a motivação principal do meu blog.

Então leia o artigo e entenda como fazer o procedimento:

Como Fazer o Cadastro do Bolsa Família?

Para fazer o cadastro do Bolsa Família basta que a pessoa compareça ao local de atendimento, na data e horário propícios para atendimento, levando toda a documentação necessária.

Os locais de atendimento mais comuns são:

  • CRAS
  • CREAS
  • Centro POP
  • Secretaria Municipal de Assistência Social
  • Central do Cadastro Único no Município

Mas pode ser que outros lugares façam o atendimento, visto que o mesmo é descentralizado e o Governo Federal apenas indica que é preciso haver o atendimento, mas não especifica como e quando o atendimento deve ser feito.

Por exemplo, uns municípios trabalham com agendamento e outros não. Isso ocorre porque cada município trata de uma maneira diferente o benefício.

Outra coisa que precisa ter em mente também é que não é possível fazer o cadastro do Bolsa Família online pela internet. Então tome cuidado se algum site informar isso porque pode ser que ele esteja apenas querendo roubar suas informações.

como fazer cadastro bolsa familia
Como Fazer o Cadastro do Bolsa Família

Documentos necessários

Da mesma forma que a forma de atendimento, os documentos necessários para fazer o Cadastro do Bolsa Família a serem solicitados podem ser diferentes a cada município.

Por isso é importante procurar saber como é o atendimento e quais os documentos necessários no seu município.

Mas os documentos mais comuns de serem solicitados são:

  • CPF
  • Título de Eleitor
  • Carteira de Trabalho
  • Carteira de Identidade
  • Certidão de Casamento
  • Certidão de Nascimento
  • Comprovante de Residência
  • Contracheque ou holerite de quem trabalha formalmente
  • Certidão negativa ou Extrato do INSS de aposentados e pensionista
  • Declaração escolar dos estudantes

Cada município trata o programa de uma forma diferente. Por isso é importante, antes de tudo, averiguar como funciona isso em seu município e, assim, evite perder tempo indo e tendo que voltar posteriormente.

O que fazer se tiver mais dúvidas?

Caso tenha mais dúvidas poderá utilizar da central de atendimento do MDS ligando para o telefone 0800 707 2003. A ligação é gratuita e você poderá esclarecer mais dúvidas que não foram sanadas com esse artigo.

Tarifa Social de Energia Elétrica

No artigo anterior que fiz nesse blog iniciei a minha contribuição para com a sociedade escrevendo um texto sobre como economizar na conta de luz. Acontece que depois, navegando pela internet,  encontrei um benefício social que pode ser de grande utilidade para quem deseja pagar menos na conta de luz: a Tarifa Social de Energia Elétrica ou TSEE.

O Brasil é um país onde as informações são pouco difundidas. Por isso decidi criar esse artigo para alertar as pessoas que esse benefício existe e que várias pessoas podem ter direito a ele.

tarifa social de energia eletrica
Tarifa Social de Energia Elétrica: Desconto na Conta de Luz para Baixa Renda

Quem Tem Direito à Tarifa Social de Energia Elétrica?

A família que possui direito ao benefício é aquela que:

  • possuir renda per capita de, no máximo, meio salário mínimo;
  • tiver na casa alguma pessoa que recebe o Benefício de Prestação Continuada do INSS; ou
  • possuírem renda de até três salários mínimos desde que haja na casa alguma pessoa que dependa de aparelhos que consomem energia elétrica de forma contínua por problemas de saúde

Esse é um dos benefícios mais comuns das pessoas conseguirem pois é bem fácil de se requerer.

Como Conseguir o Desconto na Conta de Luz?

Para conseguir o Desconto na Conta de Luz através da TSEE, a família deve:

  1. cumprir um dos requisitos descritos no item anterior
  2. fazer o Cadastro Único do Governo Federal
  3. esperar o número do NIS ser gerado e pegar o mesmo com o atendente um dia depois de fazer a inclusão cadastral
  4. procurar a empresa distribuidora e solicitar o desconto com o número do NIS em mãos

Obs.: caso já tenha o cadastro é necessário que o mesmo esteja atualizado para recorrer ao benefício.

Quem faz o cadastro para o requerimento desse benefício é a prefeitura da sua cidade. E, normalmente, o atendimento é feito no CRAS mais próximo da residência da família.

Qual o Valor do Desconto?

O valor do desconto varia de acordo com o consumo familiar, respeitando a seguinte tabela:

valor da tsee baixa renda

Então, se gastar menos terá um desconto percentualmente maior. Isso é um incentivo para que as pessoas economizem e tenham um maior desconto.

Devemos, também, prestar atenção ao caso especial das famílias quilombolas ou indígenas, onde o desconto na conta de luz é de 100% se o consumo for até 50kWh/mês.